quinta-feira, 15 de abril de 2010

Versos Para Querer

Queria ser um poeta, para me orgulhar dos meus versos e dedicar poemas ao amor. Queria poder escrever para os pobres de espírito e fazê-los sorrir, transformando sua dor em suave prazer de estar vivo. Queria poder olhar nos olhos de cada jovem e, num apelo dramático do coração, dizer: Viva cada momento, sonhe todos os sonhos, ame todos os amores, beije todos os beijos e fale todas as palavras que possam caber no entendimento e na esperança.

Queria, em preces ansiosas de um ateu convicto, pedir, a um deus inexistente, que me dê uma luz, branca fonte de uma paz inalcançável, para que os caminhos escuros daqueles que sofrem sejam iluminados e, em um surpreendente gesto de coragem, eles possam erguer os olhos e dizer: viva a vida, companheira de si mesma em mim, único berço onde meus dias se deitam e se deleitam, e meus desejos expressam a ausência daquilo que ainda serei.

Queria, em poema sutil, deixar-se vislumbrar a verdadeira essência do eu universal, para que o dom da vida seja um símbolo da plenitude e um veículo da serena viagem do espírito pelo fel adocicado da existência.

Queria ouvir a música da eternidade, como se um violino executasse o deslizar do tempo e a melodia contasse os passos do nosso caminhar, em um ritmo firme e equilibrado, em solene e plácido minueto, ou em um alegro vibrante, ou em um adágio envolvente, ou em todos os movimentos, alternando entre a dor e a alegria, mas sempre conduzida pela maestria de edificantes lições e pela harmonia soberba da sabedoria.

Paulo Viana

14 comentários:

Neto disse...

QUE LINDOS VERSOS GRANDE PAULO VIANA!!!!MARAVILHOSO COMPARTILHAR DE SUA GRANDEZA!!

Paulo disse...

Neto,
Muito grato pelo comentário e visita. Digo o mesmo em relação a você.
Abraços

israel batista disse...

e aí primo lhe encontrei na net eu tb tenho um blog o meu é blogdoisraelbatista.blogspot.com dêu uma olhadinha eu li seu livro adorei foi o melhor livro de romance que já li nos ultimos anos parabéns se tivesse sido publicado numa editora de renome seria bester seller abração primo

Paulo disse...

Israel Batista
Fico muito grato pela generosidade de suas palavras e pela visita. Com certeza visitarei seu Blog.
Um abraço.

Ronilda disse...

Se uma pessoa mostra essa sensibilidade com as palavras e se ela faz pedidos tão sublimes, o seu Deus não é inexistente...Deus está no fato de você ser um poeta, um filósofo,um homem que já sonhou vários sonhos, que já beijou vários beijos, que já andou por vários caminhos. Que Deus continue iluminando os seus dias e a sua inspiração ao escrever.
um beijo Ronilda
P.S:
E Dilma!!

Paulo Viana disse...

Ronilda
Reaparecendo aqui com sua bondade.
Muito grato.
Espero sua visita ás montanhas.
Percebeu que não mencionei o nome do vampiro, né?
Beijo.

Sandra disse...

Sandra Sobreira
Que belo poema em versos para se querer mais. Pois só quem tem a sensibilidade cravada na alma, e voce a tem, é capaz de nos contemplar com tão belas palavras. Não duvide da luz divina, foi ela que te iluminou a escrita desses versos.
Abracos

Paulo disse...

Sandra
Que bom, você visitando e comentando o Blog. Fico muito grato. Volte sempre.
Um grande abraço.
Paulo

Glória disse...

Paulinho,


Através desta prosa lí desenhos de versos e ouví uma linda melodia num dedilhar de poemas.
Divino e maravilhoso!
Abraços

Paulo disse...

Oi, Glória
É esse o espírito dessa prosa: Querer ser verso como o escritor quer ser poeta.
Beijo

Fernão disse...

Se não és poeta, quem o é?

Fernão disse...

SE NÃO ÉS POETA, QUEM O É?

Cacá disse...

Paulinho, essa besta correria do dia a dia nos impede de ver realmente o q precisamos, o alimento do espírito, parabéns por seus escritos q sempre são maravilhosos. Grande bjo, da amiga Cássia Barroso

Paulo disse...

Cássia
Que bom você visitando meu Blog e comentando. Muito grato pelas palavras elogiosas. Sua sensibilidade conta muito pra mim. Seja Bem-Vinda e volte sempre.
Beijo.